A conta de água aumentou? Especialista mostra como identificar sinais de vazamento em casa

Se gostou compartilhe!

Aprenda a detectar escoamentos sorrateiros para evitar danos e desperdício de água

 

Vazamento de água é bastante comum, mesmo em residências mais novas. Além de um grande incômodo, com potencial para danificar a estrutura ou os móveis de uma casa, pode impactar no bolso e deixar a conta de água mais alta.

Além de mofo na parede, rachaduras e umidade, a detecção do problema pode ser feita com checagens rápidas. “É possível descobrir a origem verificando os dispositivos hidráulicos aparentes, como válvulas de descarga, torneiras, chuveiros e caixa d’água. Ao notar um gotejamento ou fluxo contínuo de água, mesmo com o registro fechado, é sinal de que há algo errado”, explica André Amado, gerente da Rede de Prestadores da Allianz Assistance.

Para identificar e interromper o vazamento antes que ele fique fora de controle, André reuniu algumas dicas. Confira:

Monitore o medidor de água

Além do aumento considerável no valor da conta de água ser um indicativo, o proprietário pode monitorar o medidor de água, conhecido também como relógio. Para quem está com suspeita do problema, com a máquina de lavar e a lava-louças desligadas, basta fechar as torneiras e anotar o número que está no medidor. Após uma hora, observe se os números mudaram. Em caso positivo, a casa está com um vazamento.

Cheque as torneiras

Para muitos moradores, o vazamento mais comum é o das torneiras. Isso costuma acontecer devido ao desgaste da borracha. Se mesmo com o dispositivo fechado observar o gotejamento, é indicado a troca dos vedantes. Com as ferramentas corretas, é possível fazer a troca.

Uma vez que a falha esteja no cavalete, que é a parte que conecta o cano à rede de distribuição de água, não é recomendada qualquer intervenção que não seja de um profissional.

Vazamentos no banheiro

Outro contratempo muito corriqueiro em casa é o vazamento do vaso sanitário. Isso pode desperdiçar centenas de litros de água e, consequentemente, desperdiçar muito dinheiro. No entanto, além de comum, é muito fácil de descobrir. Aos que possuem a caixa acoplada, é possível identificar que algo está errado pelo som e principalmente pelo visual da caixa, quando a água começa a escorrer.

Para evitar maiores prejuízos, você pode realizar um teste secando a parte de dentro do vaso sanitário com um papel higiênico ou papel toalha, e manter um pedaço de papel seco na parte interna. Caso o papel fique molhado, é sinal de vazamento. Esse teste pode ser feito tanto para quem possui caixa acoplada quanto válvula hídrica.

Realize uma inspeção visual

Observar mais de perto as paredes e tetos de cada ambiente da casa pode prevenir diversos vazamentos que ainda não estão aparentes. No caso de uma coloração incomum, é possível que tenha um defeito oculto no encanamento.

Geralmente, as pessoas percebem quando os tetos estão quase desabando. Realizando essa inspeção minuciosa, é possível identificar início de mofo e até impedir quedas ou arqueamento da construção.

Esteja ciente de vazamentos internos

Nem todos os escapes de água são óbvios. Ele pode estar acontecendo sem que o morador perceba. Esses casos não aparentes podem acontecer dentro da parede, por exemplo. Essa situação pode ocorrer nas tubulações instaladas dentro da parede ou no cavalete do relógio medidor. Assim, o mais indicado é solicitar o serviço especializado de ‘caça vazamentos’, eles têm ferramentas e conhecimento para diagnosticar e resolver a ocorrência sem maiores danos.

 

JÁ SEGUE O SEGURA NO INSTAGRAM?

Deixe uma resposta