Cinco dicas para manter um diário da gratidão

Se gostou compartilhe!

Especialista em psicologia positiva ensina uma maneira de ser grato o ano inteiro

Já pensou em criar um “diário da gratidão”? Ao longo dos anos, diversas pesquisas indicaram uma série de benefícios impressionantes ao simples ato de escrever as coisas pelas quais somos gratos. Melhor sono, menos sintomas de doenças e mais felicidade são só alguns desses ganhos.

Em muitos estudos, as pessoas são simplesmente instruídas a registrar cinco coisas que experimentaram na semana anterior pelas quais gostariam de agradecer. As anotações também devem ser breves, ou seja, apenas uma única frase. E elas variam desde “obrigado por acordar bem” até “sou feliz pela generosidade dos meus amigos”.

Por que essa prática em particular pode fazer tanto bem para nossa mente e corpo? “Manter um diário da gratidão significa realmente nos forçar a prestar atenção nas coisas boas da vida que, de outra forma, consideraríamos garantidas”, explica Flora Victoria, mestre em psicologia positiva aplicada pela Universidade da Pensilvânia.

Além disso, segundo a especialista, escrever ajuda a organizar os pensamentos e nos permite aceitar nossas experiências. “Em essência, contribui para que você veja os eventos positivos que acontecem ao seu redor e crie um significado para sua existência”, completa.

De acordo com Flora, que também é Embaixadora da Felicidade no Brasil pela World Happiness Summit, há algumas dicas que podem fazer os diários da gratidão funcionarem ainda melhor. Para tanto, ela cita o que diz Robert Emmons, professor da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos e um dos maiores especialistas neste tema.

1) Não faça só por fazer

O diário é mais eficaz se você primeiro tomar a decisão consciente de se tornar mais feliz e grato. A motivação para se tornar mais feliz é o que desempenha um papel na eficácia da atividade.

2) Especifique

Elaborar em detalhes sobre uma coisa particular pela qual você é grato traz mais benefícios do que uma lista superficial de inúmeras coisas.

3) Seja pessoal

Focar nas pessoas a quem você é grato tem mais impacto do que focar nas coisas pelas quais você é grato.

4) Experimente a subtração, não apenas a adição

Uma maneira eficaz de estimular a gratidão é refletir sobre como seria sua vida sem certas bênçãos, em vez de apenas contabilizar todas as coisas boas.

5) Saboreie surpresas

Tente registrar eventos que foram inesperados ou surpreendentes, pois eles tendem a desencadear níveis mais fortes de gratidão.

Ao começar a manter um diário, também fique de olho:

  • Tente ver cada item da sua lista como um presente. Esteja ciente de seus sentimentos enquanto você “saboreia” esse presente em sua imaginação.
  • Não se apresse neste exercício como se fosse apenas mais uma atividade pendente do dia. O diário da gratidão é realmente diferente de apenas listar um monte de coisas agradáveis que aconteceram.
  • Não existe uma maneira certa de fazê-lo. Você pode escrever no seu diário no início da manhã ou antes de ir para a cama, por exemplo.
  • A estética não é o mais importante. Não precisa comprar um diário sofisticado, nem se preocupar com a ortografia ou a gramática. A ideia é criar o hábito de prestar atenção a eventos que inspirem gratidão.

JÁ SEGUE O SEGURA PELO INSTAGRAM?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *