Movimento que chama atenção para civilidade nas ruas faz parada ecológica, neste sábado

Se gostou compartilhe!

Por Jousy Mirelle

 

O que você faz pela civilidade nas ruas? Foi com essa pergunta que a Campanha Civilidade nas Ruas, promovida pela AEAARP (Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto), começou a fazer barulho na cidade. Mais barulho ainda vai fazer, neste sábado, 09/11, das 9h às 11h, nas praças Carlos Gomes e XV de Novembro e Esplanada do Theatro Pedro II, com o dia da civilidade, que terá um grupo de percussão de 100 crianças e parceiros em cortejo lúdico para apresentar a campanha à população.

Posso falar para vocês que tenho um sentimento especial pela campanha, já que nos anos 2000, quando ainda era estudante de jornalismo, o PNBE (Pensamento das Bases Empresariais), junto com a Texto e Cia Comunicação e mais algumas empresas plantaram a semente dessa ação que, a meu ver, é mais que necessária. Cheguei a ganhar o prêmio O Estado de São Paulo de Jornalismo com a matéria sobre a Civilidade nas Eleições, uma ação irmã da atual, mas que enfatizava a importância do voto consciente e das ações que envolviam uma cidade sem panfletos jogados nas ruas e com um discurso claro do que deveria ser uma eleição limpa.

“A campanha é permanente e educativa. Nosso principal objetivo é com o respeito ao meio ambiente e que nenhum resíduo seja jogado nas vias públicas da cidade. O Dia da Civilidade é uma ação para dialogar com a população, mas a campanha terá uma agenda permanente de eventos técnicos”, explica Giulio Roberto Azevedo Prado, presidente da AEAARP.

Ainda bem que a campanha é permanente, porque a Ariane Ribeiro está há dias tentando decorar a letra da música tema da Civilidade nas Ruas. Acho que daqui pra 2025 ela consegue (risos).

A ação desse sábado é o primeiro evento público da campanha que terá uma parada ecológica com música e mensagens de alerta para o descarte correto de resíduos para reciclagem, o respeito ao meio ambiente e vias públicas da cidade e a educação para a sustentabilidade e qualidade de vida.

Objetivos da campanha

A Campanha Civilidade nas Ruas objetiva estimular hábitos sustentáveis para a qualidade de vida e preservação do meio ambiente e tem como bandeiras: alertar para a importância de se manter a cidade limpa, alertar para o papel da sociedade civil na preservação dos espaços públicos, alertar para responsabilidade do cidadão em destinar corretamente o lixo e os recicláveis e alertar para o consumo responsável.

Dia da Civilidade

No Dia da Civilidade, os parceiros da campanha Civilidade nas Ruas vão caracterizados para chamar a atenção da população sobre ações simples que ajudam a preservar os espaços públicos, o meio ambiente e a qualidade de vida. “Estamos preparando um evento alegre e ao mesmo tempo educativo para conquistarmos a cidade para nossa bandeira que é de todos – adultos, crianças, famílias, autoridades”, diz a socióloga Giany Amari, do Grupo Ciclos.

Há dois meses monitores e crianças da ONG Casinha Azul estão ensaiando a Marchinha da Civilidade para esta apresentação. “Queremos mostrar como as crianças podem ser excelentes multiplicadores para termos um mundo melhor”, diz Gabriel Dalalio, educador da Casinha Azul.

Marchinha da Civilidade – letra:

Mais civilidade | Em casa e na rua | É mais felicidade | Não é mundo da lua
Aprenda o que é lixo | Separe o reciclável | E vamos cultivar | Um mundo sustentável

Antes de comprar | Saiba se vai usar | O que é desnecessário | Não deve ir pro armário

Refrão

Preste atenção | Na voz do coração | Há civilidade | Nas ruas da cidade

Preste atenção | Na nova geração | Mais civilidade | Responsabilidade

Casinha Azul

A Casinha Azul é uma instituição social fundada há 19 anos, em Ribeirão Preto, reconhecida como instituição de utilidade pública municipal, estadual e federal. A sede da entidade fica no Parque dos Servidores e atende a 120 crianças, entre 6 e 14 anos, em situações de vulnerabilidade. A instituição trabalha valores no sentido de fortalecer vínculos com as crianças no convívio diário. As crianças frequentam a instituição no contra-turno escolar e têm atividades lúdicas e educativas como artesanato, leitura em biblioteca, acesso à informática e internet, além de atividades esportivas diversas, como natação, condicionamento físico, judô, capoeira e outros.

A campanha é uma realização da Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP) com os parceiros AMAECO (Associação Amigos do Meio Ambiente e da Ecologia), Projeto Terra sem plástico, Projeto IProtagonismo Gourmet, Grupo Ciclos, Projeto Embalo Sustentável, Projeto Um ano para salvar o mundo e Semana Lixo Zero, do Instituto Lixo Zero Brasil, ONG Casinha Azul, além de pessoas físicas como a gestora ambiental Kelly Cristina da Silva, guarda municipal da Patrulha Ambiental.

 

JÁ SEGUE O SEGURA NO INSTAGRAM?

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *